Entrei para as estatísticas (parte 2)

Continuo me recuperando, reorganizando meu trabalho, lidando com os traumas e os medos, procurando soluções para garantir minha segurança e da minha família, enfim, tentando administrar a neura que inevitavelmente se apossa de qualquer pessoa após uma experiência semelhante a que tivemos. Continuo acreditando que o vulto negro que entrou em minha casa em pleno dia com uma arma de fogo apontada para minha cabeça é um subproduto de uma longa linha de governos incompetentes, corruptos e que nós, aqueles que os escolhem e pagam seus gordos salários somos hoje as vítimas, muitas vezes fatais desse sistema.

Como se a minha experiência e tantas outras das quais tomamos conhecimento todos os dias ( e devo dizer que a nossa é considerada leve já que saímos dela fisicamente ilesos) fiquei sabendo que amigos queridos teriam também sofrido um assalto a mão armada, dessa vez no local de trabalho, um comercio que começou devagarinho anos atrás e cresceu com trabalho árduo e sacrifícios. Meus amigos, um casal lindo, pais de crianças bem cuidadas, um casal que une seus esforços para o crescimento em todos os sentidos dessa família. Pois bem, pra completar o raciocínio que iniciei na primeira parte do artigo, venho aqui, mais uma vez colocar nas mãos dos nossos governantes mais uma responsabilidade, mais uma culpa.

Caros governantes, vocês são responsáveis. Sabe, meu amigo honesto e trabalhador, pai de família decente, aquele que como eu se esconde dentro de casa pra se proteger? Pois é Presidente Dilma e todos os outros que vem abaixo da senhora que hoje bate o recorde de aprovação até do “tão aprovado ex-presidente Lulla”, meu amigo, honesto, trabalhador e cristão foi obrigado a reagir pra defender seus direitos, a sua vida e de sua família e empregados, seu patrimônio e sua dignidade. São 2 bandidos a menos pra o sistema se preocupar(???). Meu amigo Presidente Dilma, vai guardar aquelas imagens na mente para o resto da vida. Alguém vai dizer como disseram pra mim varias vezes que o mais importante é estar vivo. Como isso vai transformar a vida deles? Nós e muitos outros fazemos parte do grupo da sorte. HAHAHA! Que vergonha sinto do meu país. Tantas coisas erradas, um povo demolido moralmente, valores inexistentes em todos os níveis da população, educação pobre, saúde falida. Às vezes penso que nosso país está infestado por seres do mal de esferas muito baixas porque o que vemos e ouvimos ao ligar a tv e assistir os noticiários não pode fazer parte da mente de seres criados por um Deus de bondade mesmo sendo eles imperfeitos.

Sei que dentre os políticos de sempre há exceções boas, mas uma grande maioria está no mínimo se omitindo e, dizendo isso, estou sendo boazinha se pensamos na quantidade de corruptos e ladrões instalados nos altos postos. Tantos nomes que conhecemos tão bem e que continuam voltando ao poder e repetindo as mesmas ladroagens. Enquanto isso NÓS sofremos as consequências desses desmandes.

Falta orgulho da posição de honra que ocupam. Isso sozinho deveria bastar. Vocês com a omissão, a incompetência e a corrupção são os verdadeiros padrinhos desses criminosos que nos ameaçam e tiram o nosso sossego todas as horas dos nossos dias mesmo quando não se apresentam fisicamente em nossas vidas. Eles estão sempre lá, sabemos que podem surgir a qualquer momento. Não existem privilegiados. Todos somos alvos, por 10,00 R$ ou 100 000,00 R$. O valor não faz diferença.

Será que as consequências dessa diarreia política ainda tem conserto? Eu honestamente não acredito.

BRASIL 6a POTENCIA ECONOMICA MUNDIAL?

E NÓS POVO BRASILEIRO, O QUE SOMOS NÓS?

A GRANDEZA DE UM PAÍS SE MEDE PELA QUALIDADE DE VIDA DO SEU POVO!

.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s